segunda-feira, 30 de novembro de 2009

FIM DE ANO ESCOLAR

         Estou super feliz gente! Minha turma do EJA ( primeiros anos de alfabetização ) vão se formar.Receberão os certificados dia 12/12/09.Estive com eles os três períodos (ou segmentos ),comecei com eles na alfabetização e fui até o último período.Está ficando aquele gosto amargo da saudade.Sentirei falta das brincadeiras, dos nossos problemas que tentávamos resolver juntos, as dificuldades própria da matéria, que às vezes desanimava um, mas outro vinha e colocava ânimo no outro.Sinto muita alegria e ao mesmo tempo tristeza,porque nos tormamos amigos e não vamos mais nos ver com tanta frequência que nos víamos.Mas com certeza a amizade que se formou entre nós é para o resto de nossas vidas.
         Não queria me referir  a nomes por medo de esquecer alguém.Mas pensei melhor e resolvi falar do meu mais maduro e ao mesmo tempo mais brincalhão, mais assíduo às aulas e o que aprendeu a ler com uma rapidez que me surpreendeu na época.Peço licença aos outros ,mais  através do Sr.Francisco deixarei minha mensagem a todos.
         Ele sorri  com a  alegria de um menino e tem a maturidade de seus 60 anos com seus olhos de sabedoria.Ah! Sr. Francisco, você nem imagina o quanto aprendi com você.Ver você soletrar as primeiras palavras, ler as primeiras frases e depois os textos.Você nem pode imaginar a satisfação e alegria que você me deu.A todos os outros que com a mesma alegria e vontade, me ensinaram que  não há limites para o saber, deixo aqui o meu abraço, desejando de coração que todos sejam felizes.
        Parabéns pela vitória.E que Deus os abençõe.
                                                                  Ailce Costa

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

ATIVIDADES - ANÚNCIO E PROPAGANDA - EJA


Posted by Picasa

ATIVIDADES - RECIBO - EJA


Posted by Picasa

terça-feira, 24 de novembro de 2009

VIVA!!!! VIVA!!! PASSEI DAS 15 MIL LEITURAS DO BLOG



PASSEI DAS 15 MIL LEITURAS!!!! UAU...UAU....

NÃO PODIA TER RECEBIDO PRESENTE MELHOR NO MEU NIVER.PASSEI DAS 15 MIL LEITURAS DO BLOG.QUERO REPARTIR ESSA FELICIDADE COM TODOS QUE FAZEM USO DELE E PRA TODOS QUE ME VISITAM.BEIJOS A TODOS E OBRIGADA.
AILCE COSTA

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

QUE LÁSTIMA




Lendo o Blog do meu amigo Dignidade, me deparei com tal comentário a respeito dos professores e a brilhante resposta da professora Luciana...

Anônimo disse...
O GOVERNO FAZ O QUE PODE.
POLITICA É ASSIM, MEU CARO.
SE VOCÊ ESTIVESSE NA BOQUINHA, ESTARIA DEFENDENDO O SISTEMA COM UNHAS E DENTES.
A EDUCAÇÃO ESTÁ RUIM PQ GDE PARTE DOS PROFESSORES SÓ QUEREM RECEBER SEUS SALARIOS, VIVEM RECLAMANDO DE TUDO.
O QUE ADIANTA O GOVERNO INVESTIR, E ALGUNS PROFESSORES SÓ QUEREM BRISA.
DE TUDO RECLAMAM,
SE TEM 10,20,30 ALUNOS, RECLAMAM
TRABALHAR AOS SÁBADOS, RECLAMAM
TIRAM ALGUMAS CÓPIAS, RECLAMAM
ESCOLA LONGE DE CASA, RECLAMAM
GANHAM AUMENTO DE SALARIO, RECLAMAM QUE FOI POUCO
ANTIGAMENTE O PROFESSOR TINHA PRAZER EM ENSINAR, HOJE EM RECLAMAR
E VOCE DEVE SER UM DESSES, QUE VIVE RECLAMANDO PELOS CORREDORES.
O TEMPO QUE VOCE PERDEU PARA ELABORAR AS RECLAMAÇÕES, DEVERIA TER USADO PARA PESQUISAR E PREPARAR SUA AULA.
DEPOIS NÃO VENHAM RECLAMAR QUE CULPARAM VOCES PELA EDUCAÇÃO RUIM.

Professora Luciana disse...
Certamente o anônimo das 09:44 deve estar longe da escola, pelo menos um bom tempo, pois não consegue ver os caos em que as escolas estão sobrevivendo. Quanto à frase: “A POLÍTICA É ASSIM”, só diz isso uma pessoa totalmente sem consciência política e covarde ao extremo, para aceitar como normal algo que é digno de repúdio.
Política não é assim não, isso que se faz em Campos é politicagem, algo totalmente diferente de política.
Os professores, pelo menos a maioria tenho certeza, não trabalham apenas com 10 ou 20 alunos, existem turmas com bem mais de 30. São problemas diversos, criações familiares divergentes, dificuldades múltiplas dentro de um mesmo espaço, às vezes nem espaço tem, e o professor tem que dar conta de tudo isso. Geralmente, não tiramos algumas cópias, tiramos várias o mês inteiro, o ano inteiro.
Sabe fazer conta?
Então acompanha o raciocínio: numa turma de 30 alunos, o professor de 1° ao 5° ano trabalha com no mínimo 6 componentes curriculares diferentes, sendo 6 dias letivos na semana com os sábados, se dermos pelo menos 1 folha de xérox para cada matéria na tentativa de sair da rotina do quadro e da cópia, serão 30 x 6= 180 cópias à dez centavos (quando encontramos xérox nesse valor), fala as contas de quanto um professor gasta de xérox por mês, sem contar com as avaliações bimestrais.
O anônimo é tão incoerente, que disse que o governo faz o que pode, mas se o governo não pode nos fornecer a xérox, nós, professores, podemos?
Talvez a pergunta seja muito complexa para esse anônimo (09:44)!
Vá até uma escola pública e trabalhe, ou vá e estude, aprenda a refletir pelo menos, para não falar besteira.
Em toda profissão há profissionais comprometidos e os que não querem nada. Por falar em profissão, qual será a profissão do referido anônimo? Será que este julga a si mesmo pelos seus colegas ou julga seus colegas por si mesmo?

http://ensinar-projetodevida.blogspot.com

MEU COMÉNTÁRIO:

Fico triste quando percebo pessoas que desconhecem o valor da palavra profissionalismo.Como diz a Luciana: " será que este julga a si mesma pelos seus colegas ou julga os colegas por si mesmo?"
Ou ele não sabe o que é estar em uma sala de aula ou ele está na sala de aula e não está satisfeto.
Não se julga todos por um. Realmente os sálarios não são uma maravilha.Mas quem abraça a profissão com amor e dedicação, sabe que trabalhamos muito e fazemos isso com orgulho.como disse minha colega acima, há bons  e maus profissionasis em qualquer profissão.Somente te digo uma coisa o amor e a solidariedade se aprende é na escola.Será que você passou por lá?

sábado, 21 de novembro de 2009

CANTIGA DE NATAL


                                                                                                                         
CANTIGA DE NATAL
  

Leia também
Cantigas de Rodas


Tempo estimado
• Uma aula

Conteúdos
• Cantiga / música

Habilidades
• Incentivar o gosto poetico através da música.
Aprender sobre o natal  e o nascimento de Jesus através de poesia.


O natal é de Jesus us                                              
Precisamos de muito amor
Pro  nascimento deste menino
Traga  a paz e o seu calor.

O natal é o momento
De esperança e reflexão
Para que toda nossa família
Esteja juntos com emoção

O natal é alegria
É tempo de muito amor

Pro  nascimento deste menino
Traga  a paz e o seu calor.


O natal é festejar   ar
É tempo de se amar
Na figura do Papai Noel
Vamos todos presentear.

E agora pra terminar
Vamos todos se levantar
Pra abraçar os nossos irmãos
E um bom Natal lhe desejar.

  
observação : a letra desta poesia tem os direitos protegidos pela lei 9.610, portanto se forem usá-la deem os créditos da autoria.                                   
  Plágio é crime
http://ailce.blogspot.com

 Esta música pode ser cantanda ao ritmo de "O cravo brigou com a  Rosa "

terça-feira, 17 de novembro de 2009

A BANDEIRA NACIONAL

                                                                                            
Leia também
www.brasilescola.com/


Tempo estimado
• Uma aulas

Conteúdo
• Texto poético

Habilidades

  • Analisar um  texto poético.  
  • Aprender volorizar a pátria através do símbolo da nação.A bandeira Nacional.

A BANDEIRA DO BRASIL
                                  Ailce Costa

ELA É CONSIDERADA
O MAIOR SÍMBOLO DA NAÇÃO
ELA REPRESENTA O POVO
O AMOR NO CORAÇÃO


NOSSO BANDEIRA TEM  CORES
QUE REPRESENTA AS MATAS E AS FLORES
É O VERDE DAS ESPERANÇA
É O VERDE DA CONFIANÇA


TAMBÉM TEMOS O AZUL E O AMARELO
O OURO QUE SE FAZ BELO
E O AZUL QUE REPRESENTA O CÉU
E O NOSSO AMOR FIEL


POR FIGURAS GEOMÉTRICAS SE FEZ
O RETANGULO,QUADRADO,TRIANGULO
O CÍRCULO REPRESENTA A TERRA
DENTRO SE ESCREVE CONFESSO


"ORDEM E PROGRESSO"
JUNTOS POR ESSA NAÇÃO
UNIDOS DANDO AS MÃOS
VECEREMOS COM SUCESSO
COMO DIZ A BANDEIRA
COM TRABALHO E DEDICAÇÃO             Métodos e Atividades para o EJA
Observação :Este texto foi criado para o EJA(Ensino fundamental). Portanto se  outros quiserem usar as atividades, tem todo o direito de modificá-las. Mas o texto está protegido por lei.Portanto se forem usar o texto não esqueçam dos créditos da autoria.Plágio é crime.




Atividade

1 - Levar pra sala de aula livros, revistas e outros meios, pra que o aluno saiba como se chegou nesta Bandeira do Basil que hoje abraçamos com orgulho nas vitórias da Seleção Brasileira.
2 - Oralidade: Depois das leituras, deixar que os alunos falem a respeito de ser brasileiro, de como está a nossa nação e como nós cidadãos poçamos melhorar o que está errado
3 - Faça a leitura da poesia para os alunos. Façam uma leitura coletiva. Depois individual
4 - Peça pra que eles façam uma representação de um cordel. As mulheres falam um verso e os homens outro
Interpretação do texto
1 - Na sua opinião porque a bandeira Nacuional é considerada  o maioir símbolo da nação?

(  opções de respostas: porque é nas festividades cívicas que é hasteada,em comemorações esportivas,
em vitórias esportivas do país e em outras nações quando se recebe homenagens e nas conquistas de medalhas olímpicas, etc)
2 - E as cores das bandeiras o que elas representam?
( opções de respostas: o ouro,as matas, o céu e a paz )
 
3 - Na sua opinião no país há " Ordem e Progresso"? ( pessoal)
4 _ Como nós brasileiros podemos fazer para cooperar com a nação? ( pessoal)

DIA DA BANDEIRA NACIONAL


segunda-feira, 16 de novembro de 2009

AULA PARA O DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Leia também
O berço da humanidade
Tempo estimado
Duas aulas
Conteúdos
Origens do homem
Habilidades
Analisar a presença humana no planeta e em especial no continente americano
Mama África, Papa san
Examine com os alunos a difusão do Homo sapiens pelo planeta e sua chegada à América
Se Mama África é mãe solteira, como afirmou o compositor Chico César, o pai da espécie humana é conhecido: o povo san, grupo nômade de caçadores e coletores que se desloca pelas regiões áridas entre Angola e Namíbia. Baseada em pesquisas genéticas e linguísticas, a reportagem de VEJA informa que há cerca de 200.000 anos os ancestrais dos sans constituíram os primeiros grupos de Homo sapiens. Seus descendentes ocuparam a África e migraram para a Ásia há cerca de 50.000 anos, de onde teriam atingido a Europa, a Austrália e, mais tarde, a América. Use o texto como um roteiro de viagem para examinar com a moçada a fascinante aventura da espécie humana – e de outras espécies do gênero Homo – sobre a face da Terra.


Atividades
1ª aula – Lembre que a humanidade tem raízes africanas muito anteriores aos nômades sans. Registros fósseis indicam que um dos primeiros hominídeos – o Australopithecus – surgiu na África há, pelo menos, 4 milhões de anos. As características que os distinguiam de outros primatas eram o cérebro mais avantajado e desenvolvido, o andar bípede e a postura ereta. Há cerca de 2 milhões de anos apareceu outro ancestral nosso, o Homo habilis, o primeiro a utilizar instrumentos de pedra e a viver em sociedade. Veio a seguir o Homo erectus, entre 1,7 milhão e 200.000 anos atrás. Vestígios dessa espécie foram achados na ilha de Java, na China e na Tanzânia. Foi a partir do Homo erectus que, acredita-se, tenha evoluído a humanidade, e também o Homem de Neanderthal, espécie que se extinguiu.
Sugira pesquisas em revistas e sites para a montagem de uma linha do tempo sobre a trajetória do homem, desde os primeiros hominídeos até o Homo neanderthalensis e o Homo sapiens. Peça detalhes sobre as espécies abordadas. Que aspectos evolutivos elas apresentavam? Quais eram suas características físicas? Que tipos de instrumentos empregavam?
Aproveite a atividade para explicar aos estudantes o que são a antropologia e a arqueologia e de que forma trabalham os profissionais desses ramos do conhecimento.
Conte que a antropologia é a ciência que se ocupa em estudar o homem em sua totalidade, a evolução humana e a organização do homem no planeta. Nesse sentido, ela apresenta-se dividida em antropologia cultural e antropologia biológica. Quando falamos do estudo da origem do homem no planeta, abordamos os dois modelos de antropologia, pois a primeira explica como os primeiros grupos humanos se organizavam e fabricavam utensílios para sobreviver, enquanto a segunda explica aspectos evolutivos da biologia humana. Os antropólogos trabalham a partir da observação, da comparação e das entrevistas e observações etnográficas de grupos ainda existentes. Foi o que ocorreu no estudo dos sans, na África.
Os arqueólogos, por sua vez, focalizam objetos de cultura material, ou seja, vestígios realizados e deixados pelos homens do passado. Com base nesses vestígios, os pesquisadores podem avaliar a técnica e o grau de desenvolvimento de determinados grupos humanos. Desse modo, a arqueologia estuda os costumes e a cultura de povos antigos com base nos testemunhos materiais da vida desses povos.
2ª aula – Os primeiros homens a habitarem as terras americanas não eram autóctones, ou seja, não se desenvolveram por aqui. De onde eles teriam vindo? Pergunte aos jovens. Eles poderão responder fundamentados na própria reportagem, em pesquisas na internet ou em livros de História.
Destaque a seguinte passagem do texto: a hipótese mais aceita sobre a presença do homem na América afirmava "que os antepassados dos índios foram os primeiros a chegar ao continente, há 12.000 anos". Eles teriam vindo pelo estreito de Bering, no extremo norte da América, que, acredita-se, estava congelado na ocasião, formando uma ponte entre o leste da Ásia e a América. Depois da descoberta de vestígios como o de Luzia, o fóssil mais antigo de um brasileiro, datado de 11.500 anos, os pesquisadores recuaram a data da chegada dos primeiros grupos à América. Assim, a revista informa que, hoje, "os cientistas sabem que o mais provável é que um grupo aparentado dos aborígines australianos tenha saído do sul da China atual e atingido o continente americano há 15.000 anos". Outros pesquisadores sugerem um ponto de partida diferente para os descendentes dos sans: a Oceania. Utilizando as correntes marítimas, eles teriam atravessado o Pacífico em pequenas embarcações e aportado nas costas ocidentais da América Central e do Sul.
Mas as datações e hipóteses arqueológicas sobre os primeiros americanos continuam a ser um perigoso terreno movediço. Ensine que em Pikimachay, no Peru, os pesquisadores acharam vestígios humanos datados de 20.000 anos, e em Monte Verde, no Chile, foram encontrados fósseis ainda mais antigos, de idade estimada em 33.000 anos. Se esses números são questionados por boa parte da comunidade acadêmica, aqueles sugeridos pela antropóloga franco-brasileira Niède Guidon provocam arrepios. Em suas pesquisas no sítio arqueológico de Pedra Furada, no Piauí, Guidon datou numerosas fogueiras, algumas das quais chegariam a ter 50.000 anos. Até os dias atuais, suas idéias e seus achados são contestados por seus colegas arqueólogos.
Depois dessas observações, encomende uma investigação sobre a revolução arqueológica desencadeada pela datação e pela reconstituição facial do fóssil de Luzia, que apresenta traços semelhantes tanto ao grupo dos negros africanos, quanto ao dos aborígenes australianos. Qual seria o impacto da confirmação da idade dos vestígios de Monte Verde e da Pedra Furada?
Solicite aos alunos que observem o mapa-múndi deste plano de aula (abaixo) com as principais correntes migratórias responsáveis pela ocupação do continente americano. Eles concordam com a hipótese da utilização de vários percursos diferentes para a América? Proponha ainda que eles localizem os principais sítios arqueológicos do continente e indiquem as pesquisas que se desenvolvem atualmente em pelo menos três deles.

Para seus alunos

Robles/Pingado


Veja também:

Internet
O plano de aula "Era uma vez na América", de VEJA NA SALA DE AULA, aborda a difusão do homem pelo continente americano.
Bibliografia
Arqueologia – o estudo do nosso passado, Paul Devereux, Ed. Melhoramentos, tel. (11) 3874-0800
http://veja.abril.com.br
 Aula elaborada por Ricardo Barros, professor de História do Colégio Paulista, de São Paulo

JOGANDO


Posted by Picasa

Posted by Picasa
Posted by Picasa

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

MAIS TEXTO E INTERPRETAÇÃO


Posted by Picasa
Posted by Picasa
Posted by Picasa
Posted by Picasa

TEXTO E INTERPRETAÇÃO

Posted by Picasa
Posted by Picasa